reitoria.jpg

Boletim de Pessoal

Boletins 2013 a 2016
Boletim 2012
Progressão Funcional de Docente por Mérito PDF Imprimir E-mail
Guia do Servidor

É a passagem do docente de um nível para outro imediatamente superior dentro da mesma classe.

Requisitos Básicos:

Cumprimento do interstício de 2 anos no mesmo nível e far-se-á, exclusivamente, mediante avaliação de desempenho.

Procedimentos:

A progressão funcional de um nível para outro dentro da mesma classe far-se-á exclusivamente mediante avaliação de desempenho, que obedecerá às normas e critérios estabelecidos pelo Conselho Superior competente da UnB, incidindo sobre as atividades diretamente relacionadas ao exercício do cargo ou emprego de magistério. Serão ponderados, entre outros fatores, a assiduidade, responsabilidade e qualidade do trabalho, considerando, a critério do mesmo Conselho, entre outros, os seguintes elementos:

1. desempenho didático, avaliado com participação do corpo discente;

2. orientação de dissertação e teses de mestrado e doutorado, de monitores e de estagiários ou bolsistas de iniciação científica;

3. participação em bancas examinadoras de dissertação, de teses e de concurso público para o magistério;

4. cursos ou estágios de aperfeiçoamento, especialização e atualização, bem como  créditos e títulos de pós-graduação “stricto sensu?;

5. produção científica, técnica ou artística;

6. atividade de extensão à comunidade dos resultados da pesquisa, de cursos e de serviços;

7. participação em órgãos colegiados na própria Instituição Federal de Ensino (IFE)  ou vinculados aos Ministérios da Educação, da cultura e da Ciência e Tecnologia; e

8. exercício de função de direção, coordenação, assessoramento e assistência na própria UnB, ou em órgãos dos Ministérios da Educação, da Cultura e da Ciência e Tecnologia, bem como em outras previstas na legislação vigente.

Informações Gerais:

1. A progressão funcional dos docentes de um nível para outro imediatamente superior da mesma classe será feita após o cumprimento, pelo docente, do interstício de 2 anos no nível respectivo, mediante avaliação de desempenho, ou interstícios de 4 anos para docentes em atividades em órgãos públicos.

2. A avaliação de desempenho será feita por uma comissão de 3 professores de nível igual ou superior ao pretendido pelo docente, nomeada pelo diretor da unidade, cujo relatório conclusivo deverá ser homologado pelo Conselho Departamental respectivo.

3. O parecer da comissão, após a sua homologação, deverá ser encaminhado ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), para avaliação e encaminhamento à Secretaria de Recursos Humanos.

Fundamentos Legais:

1. Art. 16, inciso I e § 1º do Anexo ao Decreto nº 94.664, de 23/7/87 (D.O.U. 24/7/87).

2. Art. 24 da Lei nº 8.460, de 17/9/92 (D.O.U. 17/9/92).

3. Lei nº 8.627, de 19/02/93 (D.O.U. 20/2/93).

4. Art. 11 da Portaria MEC nº 475, de 26/8/87 (D.O.U. 31/8/87).

5. Resolução nº  013/89 do CEPE.

 

AcessoRapido

campanha doe sangue 1
logo_sic_2
icone_concurso publico
SIGEPE
icone guia do servidor
Sintfub
Adunb
Atens

 

Universidade de Brasília- UnB

Decanato de Gestão de Pessoas - DGP

Telefone:(61)3107-0391

Campus Universitário Darcy Ribeiro - Gleba A, Reitoria, Bloco A - 1° Andar CEP 70910-900 Brasília - DF

Backlink Pvp serverler Web tasarım Kurumsal seo Kurumsal seo Kurumsal seo